«I struggled with some demons/They were middle-class and tame» (Leonard Cohen) | setadespedida@yahoo.co.uk

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Dissolução de fronteiras

Comprei no domingo um vaso com três bolbos de jacintos para me ajudar a atravessar a semana. Há, no entanto, momentos em que duvido do acerto da decisão. A euforia descontrolada com que os gatos saudaram os novos seres vivos da casa e o carinho desmesurado que manifestaram pelos bolbos, pelas folhas e pelas raízes não auguravam nada de bom. Apesar de nesta altura do ano ser aconselhável tratar os jacintos como plantas de interior, tive de os colocar na varanda, único local da casa interdito aos gatos. Mesmo assim, apesar de separada do vaso por um vidro intransponível, a gata Goneril ainda ficou montes de tempo a vigiar as plantas do lado de dentro, miando quando me via passar. Aliás, três dias depois, sempre que observo os jacintos com mais atenção, para me distrair ou em busca de sinais quer de crescimento inesperado quer de perecimento imparável devido à intempérie, Goneril continua a aproximar-se para, com ares de proprietária, avaliar a situação.

Arquivo do blogue