«I too am not a bit tamed, I too am untranslatable» (Walt Whitman) | setadespedida@yahoo.co.uk

segunda-feira, 3 de março de 2008

In Memoriam

«Não há literatura. Quando se escreve só importa saber em que real se entra, e se há técnica adequada para abrir caminho a outros


Maria Gabriela Llansol
Um Falcão no Punho, Relógio d’Água, p. 55